Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Avaliador de igrejas visita templos religiosos para “avaliar secretamente experiências de adoração”

Marcio Roberto Ramos | 22.8.13 | 0 comentários


A utilização de consultores disfarçados de clientes para avaliar o atendimento em lojas e empresas é um conceito utilizado há muito tempo no mundo corporativo, que agora começa a ser usado também em igrejas.
A ‘Secret Church Shopper’ é uma empresa que fornece esse serviço, e tem como objetivo transformar as igrejas em “Igrejas 5 estrelas”, como afirma em seu site.
Thomas Harrison, fundador da empresa, concedeu recentemente uma entrevista à CBN News explicando que a Secret Church Shopper viaja por igrejas de todo o país para “avaliar secretamente experiências de adoração”. De acordo com Harrison, após a visita, que acontece sem aviso prévio e é feita por um funcionário “à paisana”, um relatório é entregue ao pastor que contratou seus serviços.
Os “clientes secretos” enviados às igrejas fazem uma avaliação do culto, da atitude congregacional, saudação e hospitalidade, segundo a empresa, que afirma observar a congregação, porteiros, recepcionistas e ministros da igreja, como um convidado comum.
Harrison conta ter vivido as mais diversas experiências nas igrejas visitadas, e afirma que os dados levantados durante a visita são utilizados pelos pastores “para ajudar a igreja a melhorar”. A avaliação é baseada no ‘The Five Star Church’ (A Igreja Cinco Estrelas) um livro que, segundo ele, é dedicado à excelência cristã.
O avaliador de igrejas conta que durante os anos em que se dedica a essa atividade, uma história se destacou.
- Durante momento de comunhão, quando todos estavam apertando as mãos uns dos outros, uma mulher atrás de mim se inclinou por mim para apertar a mão de uma mulher na minha frente, e não disse nem mesmo um ‘olá’, ‘você está no meu caminho’, ou qualquer outra coisa. Então, eu me senti abandonado. E enquanto todo mundo estava apertando as mãos, eu fiquei ali, sozinho e de pé. – relatou, afirmando que sempre presta muita atenção à forma como os membros da igreja cumprimentam e tratam os “clientes”.
- Houve ocasiões, honestamente, onde entrei no local com um culto animado, mas ninguém falou comigo – completou.
Thomas Harrison afirma ainda que costumam atender igrejas de todos os tamanhos, “de 100 ou 10.000 membros”, e que sua atenção aos detalhes só não é maior que seu coração voltado para ajudar igrejas melhorar e alcançar mais pessoas com o evangelho. Gospel + com informação do blog

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger