Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Pastor compara cultos neopentecostais e músicas evangélicas com “drogas”

MARCIORRAMOS OFICIAL | 31.8.13 | 0 comentários


Aos 15 anos de idade, o hoje pastor Jackson Jaques se converteu em uma igreja de linha pentecostal. Nos últimos dias seu “vídeo-desabafo” obteve mais de 27 mil acessos.
“Confissões de um ex-neopentecostal” é um relato bem humorado de 17 minutos em formato de vlog, onde Jackson conta o que mudou em sua vida e teologia.
Jackson pastoreia a Igreja Vintage 180 em Porto Alegre, que não tem filiação denominacional. O nome “diferente” vem de uma palavra francesa para designar antigo, e 180 é o grau da conversão, ou seja, conversão no modelo antigo ou bíblico. A congregação reúne vários tipos de pessoas para ouvir “muitas perguntas modernas com as velhas e sempre atuais respostas do Evangelho de Jesus”.
Seu objetivo é ter uma igreja onde velhos, jovens, tatuados e caretas “sejam irmãos pelos laços do Calvário”. Para isso, decidiu “seguir uma teologia reformada em uma Igreja urbana”.
O Gospel Prime entrou em contato com o pastor para entender o que passa na cabeça de alguém comparar cultos dos Gideões Missionários e músicas como a da cantora Damares com “drogas”.
Para Jackson, sua atitude radical é bíblica. “Me refiro a droga, pois é veneno, pseudoevangelho, evangelho esse que Paulo chama de MALDITO (Gl 1:8,9). Não é brincadeira, não é uma questão de gosto, opção, é questão de vida ou morte eterna. Creio que muitos ainda vão acordar, mas sei também, que todos esses que estão sendo expostos à verdade e não se convertem são sim alvos da ira de Deus, me refiro principalmente aos líderes”.
Parece forte? Para ele o efeito que deseja causar nos outros é o mesmo que um vídeo com uma pregação do missionário Paul Washer causou nele. Por 15 dias, Jackson refletiu sobre sua vida espiritual após ser confrontado pelos argumentos do famoso vídeo de Washer.
Dia 22 de agosto ele colocou no ar o vídeo com suas confissões por dois motivos “Primeiro, porque muitos amigos me cobravam isso, pois do dia pra noite passei a rejeitar, condenar, criticar, etc… Tudo o que EU fazia de errado… precisava deixar claro que nem sempre fui assim tão ortodoxo. Segundo, eu estou de saco cheio de pregadores super-heróis, estou cansado de ouvir gente que diz que sempre falou a verdade com maturidade, quando a gente sabe que não é bem assim. Quis deixar bem claro que eu não sou o herói, Jesus é o herói da minha vida”.
Deixa claro ainda que o pôster do Super-homem ao fundo nada tem a ver com sua teologia, nem com idolatria.
As reações nas redes sociais têm sido positivas, mas ele não está isento de críticas. “Mais de 90% são de apoio. A galera tá acordando e entendendo que precisamos urgente de uma Reforma e um Reavivamento no Brasil. Imaginava ter umas duas mil visualizações em um mês, me surpreendi com a repercussão”.
Aos que questionam que alguns dos aspectos levantados por ele no vídeo não estão presentes em todas as igrejas pentecostais ou neopentecostais. Para Jackson, “Neopentecostalismo é toda e qualquer atitude humana de manipular a Divindade! Sempre que isso acontece, temos ali uma teologia neopentecostal, seja isso numa IURD, IMPD, Assembleia de Deus, Presbiteriana, etc… ”.
Em seu vídeo, ele menciona pastores como Feliciano, Malafaia e Benny Hinn, que ele gostava mas hoje rejeita seus ensinamentos. Para Jackson, muitas coisas são claras. Uma delas é que os evangélicos do Brasil precisam “urgentemente voltar para a Palavra”.
Ao ver como as igrejas evangélicas estão cada dia mais identificadas com questões politicas, ele dispara: “Respeito quem tem vocação política, quem tem que a siga, mas sou contra a forma como a coisa tem acontecido no Brasil, onde os políticos evangélicos viraram na verdade despachantes de luxo de Igreja… No Brasil a religião evangélica na sua maioria cresce num formato de coronelato, onde quem questiona não serve… A culpa são dos líderes, dos pastores. Deus requererá deles tudo o que estão fazendo”.
O jovem pastor já colocou suas pregações no YouTube e pretendo gravar a parte dois do “confissões”, e quer escrever um livro com o mesmo título. Também pretende fazer um vídeo para esclarecer as diferenças entre Pentecostalismo e Neo-Pentecostalismo. Quando? “não sei, pode ser amanhã como pode ser daqui a 4 meses. A Igreja me toma muito tempo”, conclui.  Gospel Prime com informação do blog


Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger