Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Pastor evangélico orienta fiéis contra vacinação para combater o sarampo em meio a um surto da doença

Marcio Roberto Ramos | 24.3.14 | 0 comentários

Blog mroberto. Diante de um surto de sarampo no Canadá, as autoridades de saúde de país têm enfrentado oposição à vacinação por parte de grupos evangélicos. Segundo a CBC News, religiosos como o pastor Adriaan Geuze, da Congregação Reformada da América do Norte, estão questionando a eficácia da vacinação e orientado seus seguidores a não participarem da campanha de vacinação promovida pelo governo.

- Os membros de nossa congregação não acreditam que as vacinas sejam seguras. Eles estão preocupados com a administração de vacinas para os seus filhos, e vacinação não significa automaticamente que você está imune à doença – afirmou Geuze à CBC News.
As autoridades de saúde canadenses classificaram a parcela da população influenciada pela oposição à vacina promovida por religiosos como Geuze de “cinturão da Bíblia”. Com uma proporção de 95% de sua população vacinada, mesmo não se tratando de uma vacinação obrigatória, a parte da população imunizada pelas vacinas cai para 50% dentro do cinturão.
Segundo as autoridades do país, dois estudantes da Escola Cristã Monte Cheam foram contaminados pelo vírus da doença. Apesar de terem sido dispensados das aulas e de a escola ter permanecido fechada por uma semana, estudantes e funcionários ficaram por algum tempo expostos ao vírus, e cerca de 100 jovens podem ter contraído a doença.
Os sintomas do sarampo são febre alta, coriza, tosse, sonolência, irritabilidade e olhos vermelhos. Pequenas manchas brancas podem aparecer na boca e na garganta. Uma erupção vermelha manchada começa a aparecer no rosto três a sete dias após o início dos sintomas, então se espalha para baixo do corpo para os braços e pernas. Esta erupção geralmente dura de quatro a sete dias. Os sintomas geralmente durar de uma a duas semanas.
As autoridades de saúde da região temem que a não vacinação dessa parcela da população pode agravar ainda mais o surto da doença que estão enfrentando. Com informação do Gospel+

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger