Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Cristãos protestam durante culto, chamam pastor de mentiroso e terminam presos

MARCIORRAMOS OFICIAL | 3.7.15 | 0 comentários

Blog mroberto. Um grupo de seis homens que protestaram durante um culto da megaigreja Lakewood, em Houston, no Texas (EUA) terminaram presos. Eles protestaram contra o líder da igreja, o pastor Joel Osteen (foto), no momento que ele havia começado a pregar.

“Joel Osteen, você é um mentiroso”, gritaram os homens. O pastor é conhecido por suas pregações repletas de princípios da teologia da prosperidade. A equipe de segurança da igreja agiu rápido e detiveram os homens, que foram presos pela Polícia logo depois.
Donald Iloff, porta-voz da Lakewood, disse que os manifestantes são cristãos membros da Igreja de Wells, uma denominação que incentiva o protesto contra as igrejas das quais eles discordam.
Agora, os manifestantes estão detidos e serão acusados de ofensa criminal: “A Igreja Lakewood leva a interrupção dos cultos a sério e pretende prosseguir com as acusações criminais, bem como todas as outras medidas legais contra esses indivíduos e a Igreja de Wells”, afirmou a igreja em um comunicado.
A ação rápida contra os manifestantes se deu, segundo a igreja, porque muitas das pessoas que trabalham como voluntários atuam na Polícia: “Um número significativo de arrumadores de Lakewood e membros da equipe de segurança são policiais e oficiais do xerife que frequentam Lakewood regularmente. Estes oficiais foram eficientes e rápidos na resposta à situação e, juntamente com a liderança de Lakewood vão continuar a estar vigilantes na segurança e proteção da Igreja Lakewood e seus membros”, pontuou.
Em entrevista ao Christian Post, Anwar Richardson, um dos membros da igreja, afirmou que decidiu deixar o culto com sua família após o sexto grito de protesto do grupo, por temer um tumulto: “Depois da sexta vez que ele gritaram, meu filho estava dormindo no meu colo. Eu olhei para minha esposa e ela estava nervosa, e nós decidimos sair de lá”, afirmou.
O fiel contou ainda que muitas pessoas que estavam no local tomaram a mesma decisão. Ele acredita que o temor das pessoas era que acontecesse algo como o recente massacre na igreja de Charleston, um drama que ainda está muito fresco na memória dos norte-americanos.
“Tudo que vinha em minha mente é que eu não sabia o que estava acontecendo, e eu simplesmente não podia esperar para descobrir, então eu tinha que sair de lá”, concluiu.
Fonte: Gospelmais

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger