Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Richard Dawkins volta a provocar os evangélicos nos EUA

Marcio Roberto Ramos | 16.3.13 | 0 comentários


Durante um discurso na Universidade de Charleston, na Carolina do Sul, em 9 de março, o famoso ateu Richard Dawkins, autor de “Deus: um Delírio”, fez um declaração surpreendente.

“Eu acho que sou um cristão… um cristão cultural”, disse ele, explicando que vê a si mesmo como alguém que cresceu em uma cultura cristã e por isso absorveu seus ensinamentos, algo parecido com o que sentem os judeus não religiosos. Isso não o faz desistir de rejeitar a religião como um todo.
Durante seu discurso, voltou a provocar os evangélicos, que são maioria nos Estados Unidos, especialmente na região sul. “Tentar provar sua crença sobre a origem do universo, a origem da vida, a natureza da vida, etc…, é algo claramente ridículo. Não vejo vantagens em se reunir uma vez por semana e cantar juntos ou algo assim, mas o fato de se ter uma comunidade traz vantagens, algo que certamente não precisa incluir crenças fundamentais sobre o cosmos”.
Dawkins também falou sobre seu recente debate na Universidade de Cambridge, onde enfrentou Rowan Williams, o ex-arcebispo de Canterbury. A equipe do ateu perdeu a votação dos presentes sobre a religião não ter mais lugar na sociedade moderna.
Embora reverenciado pela grande maioria dos ateus de todo o mundo, Dawkins disse não acreditar que céticos e agnósticos precisem de nada que lembre uma congregação ou uma igreja. Trata-se de uma clara provocação à proposta da Assembleia de Domingo, considerada a primeira igreja para ateus do mundo. Ela foi inaugurada na Inglaterra, terra de Dawkins mês passado.
Curiosamente poucos dias depois de afirmar ser cristão (ainda que cultural), foi ao ar nos EUA um episódio da série Os Simpsons onde o personagem Ned Flanders imagina o inferno. Ao chegar lá, ele se depara com um diabo gigante que faz um “ensopado de católicos.”
O rosto do demônio-mor é justamente o de Richard Dawkins. Um outro demônio, diz a Ned: “Adoramos o famoso ateu Richard Dawkins”.  O biólogo britânico disse que gostou dessa “homenagem” e aproveitou para agradecer seus amigos que trabalham na produção de Os Simpsons. Com informações de Christian Post e The Guardian.

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger