Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Nos EUA clube Bíblico se torna uma sensação

Marcio Roberto Ramos | 4.9.13 | 0 comentários


Imagine um clube bíblico em uma escola pública, tão popular, que mais da metade dos alunos frequentam as reuniões. Isso esta ocorrendo da Pensilvânia.

Toda segunda-feira, ao meio dia, mais de 600 alunos do ensino médio Redbank Valley vão ao clube bíblico. Isso faz com que seja o maior de seu tipo no mundo.
Eles realizam uma reunião aberta uma vez ao ano onde mostram suas peças teatrais e animada adoração, que tem atraído até mil jovens de uma única vez.
Estes alunos levam suas Bíblias pelos corredores, abertamente compartilham o evangelho e agora, inspiram a juventude e seu país e no exterior.
A rede de noticias cristãs CBN News, informou sobre o clube Redbank há dois anos, logo que um telespectador lhe enviou um email.
Após essa reportagem, temos recebido todo tipo de respostas“, comenta Doug Gundlach, presidente do Clube Bíblico. “Na realidade temos criado o interesse em todo o mundo“, disse ele.
Inclusive, tiveram que nomear um encarregado de relações públicas. “Muitas coisas aconteceram. Tivemos vários projetos de extensão, assim como pessoas ligando para ver como o fazemos”, explica Maggie Mccauley, diretora do departamento.
Um grande interesse veio do testemunho de Maggie MacCauleu, que aos 14 anos, dirigiu mais de quarenta alunos em uma oração de salvação.
“Aceitar a Cristo diante de todos os companheiros, em um dia de aula, não ocorre em todos os lugares”,disse ela na época, há dois anos.
Hoje, Maggie diz que poderiam ser quase cinquenta pessoas. “’Estava ali sentada contando e disse: ‘Não posso acreditar, 48 jovens’. Poderiam ser mais, mas tenho que deixar de contar para poder orar”.
Experiências milagrosas
A tesoureira, Alaina Kunselman, acredita que a reportagem levou uma conexão milagrosa. “Depois de aparecer no The 700 Club, um clube bíblico da escola secundária Rosamond da Califórnia, nos contatou.  Disseram que viram a reportagem. Pensei que era ótimo porque estavam completamente do outro lado do país“.
Os estudantes de Rosamond compartilharam que precisavam de 25 bíblias e isso foi exatamente pelo que oraram os jovens de Redbank.
“Não havia passado uma semana quando alguém passou e deixou 25 Bíblias em nosso escritório: O número exata de Bíblias que eles necessitavam“, disse Kunselman.
O doador não tinha ideia que estava cumprindo uma oração. “Ele disse que as tinha ali em seu escritório”.
Alaina mantém um cartão de agradecimento assinada pelos alunos de Rosamond, que receberam as Bíblias. “Ou seja, definitivamente foi algo de Deus”.
Popularidade aumenta
Logo depois de ouvir do clube bíblico em Redbank, Travis Deans do “Teens for Christ” (Adolescente para Cristo), começou a divulgar a noticia. “Emociona-me poder compartilhar com outros clubes o que acontece aqui, dizê-los: ‘Vejam o que Deus pode fazer em sua escola’”.
Deans compartilhou a história em seu site direcionado aos jovens estudantes. “Queremos desafiar os alunos, em especial aos cristãos, a pensar em sua escola como uma viagem missionária. Que Deus te colocou ali com um propósito, com um motivo. Que Deus quer te usar para compartilhar o seu amor com seus amigos”.
Um ministério, que quer ajudar e estabelecer uma rede de 30 ou 40 clubes bíblicos em escolas de Nova York, enviou uma equipe de observadores para Redbank.
Querem organizar um clube bíblico que atraia os jovens de cinco municípios de Nova York e queriam a nossa ajuda“, diz McCauley.
E os de Redbank se tornaram missionários em sua própria maneira. “Fomos a uma convenção de jovens em Denver e fizemos um programa ali“, disse Doug Gundlach.
O orientador do clube, o professor Joe Harmon, evangeliza com os métodos do clube, viajando para outras cidades na Pensilvânia, quando solicitado.
“Eu perguntei a Joe para vir falar com o grupo de jovens. Alguns dos líderes juvenis estavam e lhes acendeu a paixão.”, explicou a pastora Leslie Bloom, da Curwensville, Pensivânia.
Isso é o que os alunos da Redbank querem fazer em todos os lugares, aumentar a paixão por Deus nos jovens e fazê-los saber que é seu direito viver sua fé em qualquer lugar.
Não há lei que diga que os jovens não podem levar uma Bíblia na escola, ler ou orar na escola. Não há nada assim“, assegura Maggie Mccauley.
Deans diz que os jovens têm todos os motivos para se orgulhar de seu Deus.  – c BN

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger