Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Teólogo diz que letra da música SABOR DE MEL de Damares é anti-bíblica e vingativa e ainda compara a BEIJINHO NO OMBRO da funkeira Valeska Popozuda.

MARCIORRAMOS OFICIAL | 25.3.14 | 0 comentários

Blog mroberto. A canção “Sabor de Mel” da cantora Damares liderou por meses a lista das mais tocadas das rádios, mas ao mesmo tempo ganhou inúmeras críticas de teólogos e cristãos que não concordam com a letra da música.

Essa semana o teólogo e blogueiro Yago Martins postou em seu Facebook um vídeo comparando o conteúdo da canção de Damares com o sucesso “Beijinho Ombro” da funkeira Valeska Popozuda.
Mostrando trechos das duas canções, ele marcou que ambas possuem as mesmas características: falam de inimigos, fé em Deus, vitória observada, destaque e jogar na cara a vitória que recebeu. “Um pequeno comparativo didático: qualquer semelhança não é mera coincidência. Por mais cômico que seja a comparação e a apresentação da mesma, a intenção primária não é fazer rir, mas alertar a respeito de um ponto. Pensem nisso”, escreveu Yago no post.
O vídeo foi gravado para o canal do Youtube, mas acabou sendo postado apenas no Facebook para mostrar aos cristãos o que está sendo cantado nas igrejas e levá-los a refletir e se conscientizarem sobre esses erros teológicos que aparecem nas músicas evangélicas.
“‘Sabor de Mel’ é uma teologia da vingança, onde a cantora conclama os crentes a desejarem o destaque a fim de tripudiar sobre os próprios inimigos”, disse. Citando o versículo de Provérbios 24:17, ele afirma que a “a canção deseja que os que não te ajudaram antes se arrependam disso por não terem conseguido o destaque que Deus te deu. Devemos amar aqueles que são nossos inimigos, e não desejar que eles ‘nos vejam por cima’”.
Lançada em 2008 no CD “Apocalipse”, a canção “Sabor de Mel” é um dos maiores sucessos da cantora Damares, que é a artista gospel que mais vende CD no Brasil.
Para Yago Martins o sucesso da canção é explicado pela falta de conhecimento bíblico do povo evangélico.
“Não falo de teologia acadêmica ou elucubrações profundas, mas até mesmo o sermão do monte ou os ‘Bê-á-bás’ da fé. Jesus disse: ‘Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem’ (Mateus 5:43-44). Como podemos ter uma igreja evangélica que ainda não conseguiu internalizar um dos princípios teológicos básicos da fé, que é o amor? Os púlpitos fracos que prometem bênçãos e vitórias criam um monstro que tem nome de cristianismo, mas está longe da religião de Jesus”, disse.
É comum encontrarmos canções do gospel que falam sobre vitória, mas de acordo com o blogueiro nenhuma delas tem tantos erros quanto “Sabor de Mel”, escrita pelo compositor Agailton Silva.
“Existe certo tipo de sentimento de vitória sobre os inimigos que faz sentido e é até mesmo cristão. No Último Dia, os inimigos do evangelho receberão a justa paga, e seremos vitoriosos sobre eles. Uma canção que celebra a vitória final sobre os inimigos da Cruz pode ser bíblica e fiel. Nem de longe é o que encontramos na canção de Damaris, no entanto. Lá há nada mais que um ‘beijinho no ombro pras inimiga’, uma palavra de escárnio contra inimigos pessoais, o que é inadmissível”, finaliza Yago. Do Gospel Prime
Assista o vídeo: AQUI

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger