Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Vício em pornografia é a maior crise que as igrejas podem enfrentar atualmente, segundo estudioso

MARCIORRAMOS OFICIAL | 3.5.14 | 0 comentários


Blog mroberto. O estudioso Heath Lambert diz que a pornografia pode ser um problema maior que a homossexualidade.

Diante de tantos desafios que a igreja tem de lidar nos dias de hoje, o vício em pornografia é a maior crise moral que as congregações podem confrontar, de acordo com Heath Lambert, diretor-executivo da Associação de Conselheiros Bíblicos Certificados nos Estados Unidos.

Em uma conferência realizada na cidade de Nashville, sudeste dos EUA, Lambert chega a ressaltar que a pornografia é mais prejudicial que o divórcio e a homossexualidade, ao indicar que muitos cristãos têm disposição para ir contra a homossexualidade, mas em seguida vão para seus computadores alimentarem o vício em pornografia.

Através de uma conversa com a edição em inglês do The Christian Post após a conferência, o estudioso detalhou sobre o papel que desempenha na luta contra o vício da pornografia e o que pode ser de toda uma geração se vier a crescer sexualmente educada por meio de um contexto pornográfico.

A princípio, ele destaca que sua preocupação com a pornografia acontece em função do lado oculto do problema, já que muitos podem estar se autodestruindo escondidos na internet, sem ninguém ter noção do que acontece.

Ele acrescenta que muitos pastores estão por fora do problema, ao ainda não se inserirem no mundo da era digital, além de apontar a falha nas pessoas que imaginam que alguém que está firme na igreja não possa cair em tentação. Lambert registra que não gosta de acreditar na "pecaminosidade do coração humano", mas pede para a igreja se alertar.

Na sequência, ele pede para que a família sejam uma extensão das orientações que a igreja deve conferir. O estudioso sugere que os pais tomem as rédeas dentro de casa e eduquem seus filhos sobre a melhor forma de lidar com sexo, "buscando a pureza".

Dentro das circunstâncias, Heath Lambert também indica que as igrejas não devem estabelecer uma "cultura de desconfiança", duvidando de quem está tentando evitar a pornografia. Ele revela que o melhor caminho para ajudar um viciado a largá-la é dar abertura para assumir o compromisso da responsabilidade.

Por fim, ele pede que as igrejas reforcem o ensinamento de que principalmente os homens deveriam ter olhos somente para suas esposas, sem se deixar perder para a inversão de valores da pornografia, que valoriza o sexo acima do sacrifício, do cuidado mútuo e dos ensinamentos de Jesus Cristo.

Fonte: The Christian Post

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger