Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Livro didático sobre drogas, sexo oral e sadomasoquismo gera protesto por parte de pais nos EUA

MARCIORRAMOS OFICIAL | 23.8.14 | 0 comentários

Blog mroberto. Pais da cidade de Fremont, na Califórnia (EUA), estão pressionando seu distrito escolar para remover um livro de saúde, com seções sobre uso de drogas, sexo oral e bondage [prática sadomasoquista que consiste em amarrar parceiros], em escolas secundárias locais, dizendo que não há como os editores ajustarem o conteúdo adulto apresentado no livro.

O departamento de educação local comprou o livro Your Health Today (Sua Saúde Hoje, em tradução livre), para ser ensinado em suas seis escolas de ensino médio, durante o verão. Depois da esmagadora resposta dos pais, o superintendente Jim Morris pediu para ter os livros reparados. No entanto, os pais estão preocupados e querem os livros retirados das prateleiras, por causa de seus temas adultos.
“Na minha opinião, os pais estavam de acordo comigo, que não há nenhuma maneira em que eles possam corrigir este livro. Tem tanto conteúdo adulto tanto neste livro, não há como eles simplesmente retirar tudo”, disse Asfia Ahmed, ao The Christian Post. Ahmed é um dos pais por trás da petição para proteger as crianças de Feemont, contra os referidos livros.
A petição explica que o livro didático “expõe os jovens a jogos sexuais, fantasias sexuais, escravidão sexual com algemas, cordas e os olhos vendados, brinquedos sexuais e dispositivos vibratórios e instruções adicionais que são extremamente inadequadas para os jovens de treze e catorze anos de idade”.
Ahmed disse que ela e outros pais são a favor da educação sexual. No entanto, ela teme que o livro Your Health Today vá a extremos, dando aos adolescentes a impressão de que esses comportamentos são típicos.
Uma mãe, Janine Weston, expressou seu sentimento semelhante à estação de notícias local KTVU. “Alguns tópicos não são seguros para serem introduzidos a esses jovens nessa idade”. Weston teve problema com as seções do livro sobre namoro online e “sexting”, uma nova tendência nos EUA, onde pessoas trocam fotos e vídeos de nudez entre paqueras.
Notas do livro sobre o uso de drogas também são preocupantes.
“Ele [o livro] não aconselha a eles para dizer não às drogas, não os ensina sobre seus próprios corpos, ele induz à pressão dos colegas, não os ensina a esperar “, observou Ahmed.
O Distrito Escolar Unificado de Fremont aprovou o livro em junho, para os 2.400 alunos da região. No entanto, os pais argumentam que Your Health Today é voltado para um público mais velho. “Ele fala aos adultos, não fala com os jovens e adolescentes”, disse Ahmed, observando que o livro menciona o ensino médio apenas treze vezes em suas quatrocentas páginas.
Na verdade, a descrição do livro em um site de consulta diz que ele funciona como “um guia para uma vida saudável na faculdade e fora dela”.
Funcionários da Fremont Unified School inicialmente defenderam o livro dizendo que apenas 20 páginas são dedicadas à educação sexual. O superintendente também disse em entrevista recente que os professores não são obrigados a usar todas essas vinte páginas.
No entanto, Morris mudou de opinião após a petição contra o livro ganhar atenção nacional pelo canal CNN, com o abaixo-assinado ultrapassando a marca de 2.300 assinaturas.
Recentemente, ele divulgou um comunicado dizendo que estava decidido a suspender temporariamente a adoção do livro didático para o ano letivo de 2014, em uma reunião do conselho escolar do bairro.
A declaração diz “pendente de aprovação do Conselho de Educação do Distrito de Freemont em 13 de agosto, aulas de saúde em escolas de ensino médio do Distrito usaram o livro do ano passado de forma interina. Durante este tempo, os administradores do conselho e instrutores de saúde irão colaborar com os editores de Your Health Today” e a editora McGraw-Hill, para modificar o livro didático”.
A petição está buscando a remoção permanente do livro didático. Ahmed defende que o sistema escolar deveria manter o livro de saúde usado anteriormente, com complementos para a educação sexual.
Fonte: Christian Post

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger