Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Católicos conservadores dizem que Papa é marxista

MARCIORRAMOS OFICIAL | 10.2.15 | 0 comentários

Blog mroberto. Algumas posições do Papa Francisco desagradaram os setores mais conservadores do catolicismo americano que consideram o novo líder católico, a menos de dois anos no comando da Igreja, como “marxista” e “ambientalista radical”.

Entre as declarações que desagradaram essa parte da população americana está o discurso da exortação apostólica publicada na Evangelii Gaudium onde Francisco afirma que rejeitava as teorias que afirmam que o livre mercado faz com que a riqueza, cedo ou tarde, seja distribuída.
O radialista americano Rush Limbaugh usou seu programa para criticar o líder católico dizendo que tal afirmação é “puro marxismo”. O programa foi ao ar no final de 2013 e o papa precisou se defender dizendo que a redistribuição da riqueza, as injustiças do sistema capitalista e a necessidade de ajudar os mais pobres é inspirada no Evangelho e não tem nada a ver com marxismo ou comunismo.
Na Fox News o papa argentino também foi criticado, dessa vez pela declaração a respeito das mudanças climáticas e ecologia. O jornalista Adam Shaw criticou o religioso e disse que Francisco “tinha uma pauta ambientalista radical”.
Shaw chegou a dizer na TV que o papa será um desastre para a Igreja Católica. “Como o presidente Obama, que foi uma decepção para os Estados Unidos, o papa Francisco demonstrará ser um desastre para a Igreja Católica”.
Para James Pethokoukis, jornalista e analista do American Entreprise Institute (AEI – sigla em inglês), é possível entender porque os conservadores estão contra o novo papa. “Muitos conservadores dos EUA sentem que João Paulo 2º e Bento 16 estavam do lado deles, pois pareciam apreciar que o livre mercado é algo bom para criar riquezas e oportunidades”, disse.
Mas Francisco adotou um discurso diferente, fazendo comentários contra o capitalismo, o que na visão de Pethokoukis é um erro, já que o modelo econômico “continua sendo uma força incrível nos últimos 200 anos para aumentar os níveis de vida de milhões de pessoas em todo o mundo”.
A BBC também conversou com William Doyle, professor de economia da Universidade de Dallas, no Texas, instituição católica, e ele se mostrou surpreso com essas declarações feitas pelos mais conservadores.
“João Paulo 2º e Bento 16 são mais bem vistos entre conservadores porque passaram muito mais tempo falando dos dogmas do catolicismo, sobretudo os relacionados à moral sexual (…) O papa Francisco desviou a conversa para o sofrimento que causa a pobreza e a indiferença diante dela, o que acredito que gera incômodos a alguns dos que tem muito dinheiro”, comentou.
Mas enquanto não agrada os conservadores, Francisco também não é bem visto pelos liberais americanos por conta dos escândalos sexuais que envolvem religiosos e pela postura em relação a questões morais.
O Papa Francisco deve passar pelos Estados Unidos em setembro deste ano e apesar dessas crises, deve ser bem recebido pelos católicos americanos, quer sejam republicanos ou democratas. “As pessoas se interessam por este papa porque tem um discurso diferente em muitos assuntos e uma personalidade muito atraente. Garanto que tanto democratas como republicanos vão querer fazer uma foto com ele”, disse James Pethokoukis.
Fonte: Gospel Prime

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger