A importância do culto doméstico, porque fazê-lo? Do BLOG

marcio roberto Ramos | 26.1.13 | 0 comentários



De que maneira conseguiremos formar devidamente nossos filhos? Através do culto doméstico, somente assim haveremos de fortalecer os laços de afeição, amizade e comunhão entre os membros de nossa família.
Quando isto acontece, a própria igreja se fortalece, pois a sua base é formada por famílias. Se este padrão for seguido, cada geração será melhor e mais forte espiritualmente do que a anterior.
Muitos reclamam da frieza espiritual da igreja moderna, mas será que eles formaram filhos “Fervorosos” na fé? Será que os cultos familiares são aquecidos com a presença do Espírito? (2 Tm 3.14).
Paulo mostra que a vida de Timóteo achava-se alicerçada naquilo que havia aprendido. Por conseguinte, a superficialidade de alguns rebanhos deve-se a um ensino deficiente que não pode ser atribuído necessariamente àquilo que aprende ou deixa de se aprender na igreja, mas sim no lar. O culto doméstico é a essência da formação cristã em família.
No lar, os conceitos mais importantes da vida são ensinados e o caráter da criança é formado, por isso a importância do culto doméstico. Através deste princípio bíblico, os pais podem transmitir aos filhos os preceitos divinos a fim de que eles jamais os esqueçam. O que seria melhor do que adorar a Deus e estudar a sua palavra? Não existe.
O culto doméstico além de desenvolver na criança o princípio da adoração a Deus, sedimenta em nossos filhos os verdadeiros valores morais.
·         O culto doméstico resiste ao pecado ( Pv 22.8)
·         O culto doméstico promove estabilidade e prosperidade espirituais (Sl 1)
·         O culto doméstico promove sabedoria ( 2 Tm 1.5; 3.15)

Para finalizar quero fazer alusão ao nosso patriarca Noé, onde nós podemos aprender três importantes lições com ele.

Ø  Primeiro: Um Sacerdote no lar, Noé, na condição de marido e pai, exercia o seu papel de sacerdócio numa estreita e constante relação com Deus.
Ø  Segundo: Comunhão com Deus, Noé como Sacerdote do lar, era um elo entre Deus e sua família. Assim Deus falou com o Patriarca, afim de que este convocasse a família para entrar na arca.
Ø  Terceiro: Exemplo moral, Com sua conduta, inspirava a confiança dos filhos, sem a qual eles não teriam entrado na arca.

Ainda no Antigo Testamento, Moisés recebeu orientação de Deus para repassar aos Israelitas, para que estes tomassem como prioridade o culto doméstico, para que ensinassem a Palavra de Deus com diligência (Dt 6.7). Isto significa que os mais importantes conceitos da vida são formados na intimidade do lar e reforçados no culto doméstico.
Deus abençoe nossas famílias!    

Marcio Roberto Ministro de Louvor

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger

Origens de acesso