Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Ex-atriz pornô lança DVDs evangélicos em que narra passado de drogas e prostituição

MARCIORRAMOS OFICIAL | 19.8.13 | 0 comentários

Viviane Brunieri ganhou fama nos anos 90 ao namorar Ronaldo. A relação não durou muito, mas o apelido de “Ronaldinha” foi usado para estrelar capas de revistas masculinas e filmes pornôs.


Convertida há quatro anos, a agora missionária evangélica percorre o país para divulgar seus dois DVDs evangélicos. Neles, ela se diz "recuperada por Deus" e narra suas experiências com drogas, prostituição, abortos, homossexualidade, além do envolvimento com o Fenômeno.

Sobre a relação com o ex-atacante, Vivi admite que se envolveu por interesse, escondendo de Ronaldo o fato de que se prostituía antes de conhecê-lo. A relação terminou quando ele soube do passado dela.

 “Eu bebia diariamente, e sempre que estava bêbada eu tentava contar tudo a ele. Mas não conseguia. Até que em uma bebedeira, falei tudo. Ele chorou muito. Muito mesmo. Para mim, aquilo não foi tão traumático porque eu já tinha certa fama por ser namorada dele. Meio que não precisava mais dele. Mas para o Ronaldo foi como se tudo tivesse desmoronado”.

O primeiro programa sexual aconteceu aos 16 anos, no Japão. A iniciação como garota de programa e o namoro com Ronaldo fazem parte dos DVDs "Testemunho ex-Ronaldinha e Prostituta Nunca Mais", vendidos em livrarias evangélicas por R$ 30.

Em entrevista ao UOL Esporte,Viviane declara que deixou de ser gay após sessão espiritual. Ela namorou uma mulher antes de conhecer Ronaldo.

“Eu namorei uma filipina durante um ano. Larguei tudo para viver com ela. Mas Deus não fez Adão e Adão. Deus fez Adão e Eva. Eu deixei de ser sapatão. Foi algo espiritual”, relata Viviane, dentro de um táxi, em Maceió, pouco de pois de divulgar seus DVDs em um culto. “Tenho muitos amigos homossexuais e quero que eles também encontrem a libertação”, complementou.

As relações homossexuais de Viviane terão destaque no seu próximo DVD evangélico, que se chamará Lésbica Nunca Mais. Em 2014, ela pretende lançar quatro novas edições, cada um retratando fase da vida por ordem cronológica.

Por se considerar uma pessoa "em dia com Deus", Viviane fala naturalmente sobre a vida como Ronaldinha. Ela fez uma restrição: não comentar o episódio de Ronaldo com travestis.

“Não vai ser hoje que eu falarei pela primeira vez sobre isso [da polêmica com travestis]. Até porque é algo pessoal dele. Só posso dizer que eu fiquei chocada quando soube. Minha preocupação não era nem com o Ronaldo, mas com os seus filhos. Como seria para os filhos aguentar provocações na escola?”, disse a ex-Ronaldinha.

A decisão de seguir para a igreja aconteceu no começo de 2009, meses antes de sua últuma produção pornô. Viviane conta que se drogava para gravar as cenas de sexo. A morte de uma garota de programa que a conhecia foi o sinal de que era preciso mudar o sentido de vida.

“Eu nunca fiz uma cena sóbria. Eu estava sempre dopada ou drogada. Nenhuma mulher faz esses filmes porque gosta. Quem falar que faz porque gosta é mentira”.

Ela recebeu cachê de R$ 500 mil para estrelar filme pornô com um sósia de Ronaldo. Mas a produção não chegou às prateleiras. Ronaldo conseguiu impedir na Justiça que fosse comercializado o filme “Ronaldinha – A Minha Primeira Vez”.

Vivi doa dinheiro de prostituição para ‘obras do Senhor’
Viviane conta que chegou a faturar mais de R$ 3 mil por programa. As apresentações em boates como Ronaldinha terminavam com programas sexuais. As aparições na TV e em capas de revistas masculinas valorizavam seu “cachê”.

“Eu fazia apresentações e pensava: 'por quê não ir embora com mais um dinheiro?'. E fazia programa depois. Você quer saber, 90% das mulheres que saem em revistas nu e que se apresentam na noite, fazem programa. Existem pessoas que cuidam para que elas não fiquem expostas facilmente. Mas quase todas, infelizmente, fazem. Lógico que não darei nomes”.

“Já acordei sem saber onde estava, sozinha e dopada, e com um gominho com R$ 3 mil ao lado da cama. Não sabia nem com que tinha saído. Não queria mais aquela vida”.

Viviane diz ter doado tudo para a igreja. Ela afirma contribuir para projeto de auxílio a moradores de rua em Peruíbe/SP. “Vendi carros importados e tudo que foi conseguido com o dinheiro ‘errado’ [cachê de filmes pornôs e programas]. Esse dinheiro foi dado para obras de Deus. Fiquei só com um Uno”.

Ela conta ter vivido na miséria durante três anos. Segundo Vivi, a vida floresceu no começo de 2013 graças à "ajuda divina". Atualmente ela mora em condomínio de alto padrão no litoral paulista.

“Quem não for cristão não vai entender [por que voltou a viver em boas condições financeiras]. Mas as comportas dos céus se abriram para mim. Quem me conhece, sabe o quanto sofri, sem dinheiro pra dar um Danone para minha filha. Mas eu entreguei minha vida ao Senhor e agora estou colhendo”.

Viviane apresenta desenvoltura nos cultos. Fieis choram abraçadas à missionária. As experiências com drogas, abortos e prostituição são abordadas pela ex-Ronaldinha em contato sobretudo com mulheres que enfrentaram situações semelhantes.

“Esses DVDs testemunham o que eu vivi e mostra que Deus tem força para resgatar quem quer que seja. Espero poder tirar mulheres e outras pessoas que se encontram em caminhos desvirtuados, porque eu sou uma prova viva de que estou recuperada”.

Fonte: UOL

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger