Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Reflexão: Onde você está? sobre os três tipos de crentes.

MARCIORRAMOS OFICIAL | 19.8.13 | 0 comentários

Nesse mover maravilhoso de Deus em que a adoração tem sido restaurada em Sua Igreja, existem algumas passagens bíblicas que têm sido muito estudadas. Uma delas é a passagem sobre Maria e Marta.
Todo adorador que se preze já absorveu as verdades desta passagem, por ser tão profunda. Porém, quero chamar atenção de todos nós adoradores para alguns aspectos importantes.

Primeiro, gostaria de utilizar esta passagem para lhe mostrar algo que creio ser verdade. Na Igreja, encontramos três tipos de pessoas: Trabalhadores, Adoradores e Espectadores. Lemos na Palavra de Deus que ‘Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços...’ Este é o retrato dos TRABALHADORES. São as pessoas que estão tão preocupadas com a obra, que não têm tempo de parar e se assentar aos pés do Senhor para aprender Dele; que não têm tempo para passar com Deus, em oração, adoração, e entrega! Não me entenda mal. O errado não está em fazer a obra. Somos chamados para isso. Aliás, a Palavra nos diz que a ceara é grande e poucos são os trabalhadores, e que devemos, portanto, rogar ao Senhor da ceara para que envie trabalhadores! O errado é sempre o extremo.

Adão e Eva estavam tão preocupados em guardar o jardim, que esqueceram de obedecer a Deus. E muitas vezes nós fazemos o mesmo: nos preocupamos tanto com a obra do Senhor, que nos esquecemos do Senhor da obra! E a verdade, é que existem pessoas, que fazem de suas obras uma ‘desculpa’ para não gastar tempo em intimidade com Deus, pois é neste tempo que Ele irá nos moldar, trabalhar nossas vidas, e incidir Sua luz sobre nós, nos sondando e nos mostrando nossos erros, para que possamos ser a cada dia transformados em adoradores segundo o Seu coração!

‘Maria quedava-se aos pés do Senhor, a ouvir-lhe os ensinamentos...’ Esses são os ADORADORES. Eles sabem que antes de tudo, antes de fazermos a obra, devemos estar na presença Dele. É desta Presença que flui a unção e o preparo necessários para fazermos a obra, já que a obra não se consiste em esforços humanos ou carnais. Os adoradores são aqueles que buscam. E eu tenho visto que os verdadeiros adoradores, sempre são adoradores e trabalhadores, pois são motivados pelo amor pelo Senhor. No entanto, trabalhadores são somente trabalhadores. Eles nunca enxergam nada além do trabalho. Observe o que Marta disse a Jesus: “Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me.” Que interessante! Podemos ver em nossas igrejas, que os trabalhadores são os que mais perseguem os adoradores: ‘Vocês estão cantando demais!’, ‘O louvor está muito longo!’, ou, ‘Vocês não estão preocupados com as obras e programações que temos que fazer?’

Finalmente, o terceiro tipo de pessoa que vemos na igreja são os ESPECTADORES. Eles não adoram nem trabalham. Assistem! E se recusam a se envolver com as coisas do Reino.

Para Marta, ou melhor, para os trabalhadores, a palavra de Jesus soa como repreensão: “Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas cousas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa...”. Para Maria, ou melhor, para os adoradores, Jesus encerra este texto com uma palavra de ânimo que nos faz querer parar tudo e decolar nas asas da adoração ao nosso Deus: “Pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” (Lucas 10:38-42).

Que Deus abençoe sua vida, sondando seu coração à medida que você pára tudo e se rende a Seus pés em inevitável e preciosa adoração!


 Raquel Emerick para o blog

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger