Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Estudante sofre bullying por dizer que a Bíblia não é um livro de ficção

Marcio Roberto Ramos | 21.10.13 | 0 comentários

Em um recente incidente, um estudante do estado da Califórnia, nos EUA, teve que lidar com a intimidação de seu professor, porque ele disse que a Bíblia não é um livro de ficção.

O professor, não identificado, pediu a seus alunos da escola Margarita Middle School em Temecula, que leiam um livro de não ficção por trinta minutos em uma noite.
Como prova disso, todos eles teriam que fazer uma tarefa, com o livro no dia seguinte, durante uma conferência com o professor.
Quando o professor revisou em sala de aula os livros de cada um de seus alunos para ver se eles eram adequados, ficou surpreso ao ver que um dos livros era a Bíblia e decidiu interrogá-lo, porque estava em desacordo já que o trabalho era baseado em livro de não ficção.
Questionado sobre se a Bíblia é uma realidade narrada, o estudante respondeu: “Honestamente, eu acho que é sim“, disse ele. O professor ficou na frente da sala de aula e perguntou aos alunos: “Quantos de vocês pensam que a Bíblia não é ficção?“.
Embora o professor não esperasse a reação de qualquer outra pessoa, dois estudantes levantaram as mãos em defesa de seu colega de sala.
Para completar a reação, o grupo jurídico cristão Defensores da Fé e da Liberdade ( Advocates for Faith and Freedom ) disse que estão preparando uma carta para o distrito escolar, para reivindicar uma política contra o bullying na escola, já que foi evidente que atitude do professor foi provocação e exagerado .
Para Robert Tyler , presidente e conselheiro geral da Defensores da Fé e Liberdade , o comportamento do professor é inaceitável , porque viola a lei estadual , e deve tomar medidas para reduzir a agressividade em relação à fé cristã.
“Este foi um exemplo da crescente hostilidade em relação ao cristianismo , o que é visto nas salas de aula de escolas públicas , por isso acho que temos que tomar uma posição. Acreditamos que as atitudes desse professor violam a Cláusula de Estabelecimento , que obriga o Estado a manter-se neutro em matéria de religião “ , diz Tyler.
Recentemente, uma escola no estado de Ohio, nordeste de os EUA, foi obrigada retirar um retrato de Jesus e pagar uma multa pesada. No início de setembro, uma menina de 10 anos de idade, de Nashville, no sudeste dos EUA, foi forçada a corrigir o dever de casa depois de descrever Deus como seu ídolo.
Portal Padom com informação do blog

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger