Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

DEZ MITOS SOBRE UM BOM RELACIONAMENTO

Marcio Roberto Ramos | 4.4.14 | 0 comentários


Blog mroberto. Você pensa que seu relacionamento está fracassando porque você e seu parceiro não estão seguindo certas regras ou suprindo certas expectativas? Vejamos 10 dos mitos mais comuns sobre relacionamentos. 

* 1. Um grande relacionamento depende de um grande encontro de mentes. 

· Você nunca verá através dos olhos de seu cônjuge porque vocês são duas pessoas totalmente diferentes. Vocês são genética, fisiológica, psicológica e historicamente diferentes. 

· Você não resolverá seus problemas de relacionamento pensando iguais. Homens e mulheres têm uma mentalidade diferente. É contra a natureza tentar moldar seus pontos de vista fundamentalmente diferentes, e até mesmo perigoso. (o que se pode tentar fazer é tentar entender o ponto de vista um do outro).

· Reconheça que um relacionamento é muito mais agradável quando se está com alguém que enriquece sua vida, e não simplesmente a reflete. Aprecie suas diferenças.


* 2: UM GRANDE RELACIONAMENTO REQUER UM GRANDE ROMANCE 

· Sim, sua vida com seu parceiro deve incluir muito romantismo. Mas não se engane e espere um conto de fadas hollywoodiano. A verdade é que no mundo real, estar amando não é como se apaixonar.

· Apaixonar-se é o primeiro estágio do amor. É impossível permanecer naquele estágio. Um relacionamento maduro sofrerá uma transformação daquela paixão louca para um amor mais profundo e mais seguro. (você diz: “Ah, não sinto mais o frio na barriga, o amor acabou. Não, não foi o amor que acabou, mas a paixão que está agora amadurecendo em amor.)

· Não caia no erro comum de pensar quando a paixão louca inicial se acaba que você não está mais amando. A resposta não é começar um novo relacionamento para poder ter de volta aquelas emoções maravilhosas com outra pessoa. A resposta é aprender a seguir para os próximos estágios do amor para uma experiência mais rica ainda, mais interessante. (A maturidade é isto, conseguir avançar nos estágios da vida).

# 3: UM GRANDE RELACIONAMENTO REQUER RESOLVER GRANDES PROBLEMAS.

· Não caia na armadilha de acreditar que você e seu cônjuge não podem ser felizes se não resolverem suas sérias discordâncias. 90% dos problemas em um relacionamento não são facilmente resolvidos.

· Há coisas que você e seu cônjuge não conseguem chegar em um acordo e continuarão assim por muito tempo. Por que vocês não resolvem estes problemas de uma vez por todas? Porque para fazer isto, um de vocês teria que sacrificar seus valors e suas crenças. 

· Então, você pode simplesmente concordar em discordar e emocionalmente chegar a um termo, embora vocês não tenham concordado sobre um determinado assunto. 

#4: UM GRANDE RELACIONAMENTO REQUER INTERESSES EM COMUM QUE LHE FARÃO FICAR JUNTO PARA SEMPRE.

· Não há nada de errado com seu relacionamento se vocês não compartilharem interesses e atividades em comum.

· Se você e seu parceiro estão se esforçando em ter uma atividade em comum mas o resultado é estresse, tensão e conflito, não façam isto. (ex. tipo de esportes, tipo de leitura, etc.)

#5: UM GRANDE RELACIONAMENTO É UM RELACIONAMENTO PACÍFICO. 

· Não tenha medo de emitir opiniões e contra-argumentar somente porque pode pensar que é um sinal de fraqueza ou de uma quebra no relacionamento. Até mesmo os casais mais saudáveis discutem.

· Se você discutir de uma maneira correta, pode até mesmo ajudar o relacionamento tirando a tensão e dando uma certa paz ao dizer a verdade dos seus sentimentos para seu cônjuge, sem ter sentimentos de abandono ou humilhação

· Em vez de se preocupar com a quantidade de tempo que você briga, preocupe-se com a maneira que você discute. Aqui vão algumas dicas: 

o Não abandone o assunto para atacar o valor de seu cônjuge durante a discussão.

o Não busque o conflito somente porque é estimulante. 

o Ao argumentar, cuidado para não fazer seu cônjuge se sentir como se estivesse em uma guerra e fosse um prisioneiro.

o Tente fechar o assunto em sua cabeça, ao fim da discussão. 

#6: UM GRANDE RELACIONAMENTO DEIXA COM QUE VOCÊ EXPRESSE TODOS OS SEUS SENTIMENTOS. 

· Colocar para for a tudo que está sentindo pode trazer uma sensação boa, mas quando se joga tudo em um momento de tensão, você corre o perigo de arruinar seu relacionamento para sempre. Muitos relacionamentos são destruídos quando um cônjuge não consegue perdoar algo que foi dito no calor da briga, em um momento de tensão.

· Antes de dizer algo do qual possa se arrepender, morda a língua e se acalme um pouco para pensar em como você realmente se sente. As coisas que dizemos quando estamos zangados não representa como estamos nos sentindo de verdade e não devem ser ditas – especialmente se forem potencialmente destrutivas.

#7: UM GRANDE RELACIONAMENTO NÃO TEM NADA A VER COM SEXO.

· A crença de que sexo não é importante é um mito perigoso e destruidor da intimidade do casal. O sexo provê um tempo importante para aliviar as tensões de nossa rotina e do cotidiano e nos permite experimentar um nível qualitativo de intimidade, vulnerabilidade e compartilhar com nosso cônjuge. 

· O sexo pode não ser tudo, mas registra um ponto alto na escala de importância (90%) de um relacionamento se for uma fonte de frustração no seu relacionamento. Se sua vida sexual não for plena, se transforma em um assunto gigantesco. Por outro lado, casais que têm uma vida sexual satisfatória na escala de valores dão 10% na escala de importância em seu relacionamento.

· Não se restrinja a pensar que sexo consiste somente no ato físico. Tocar, acariciar, segurar as mãos e qualquer outro meio pelo qual você dá um conforto físico ao seu cônjuge pode ser visto como parte de uma vida sexual plena. 

#8: UM GRANDE RELACIONAMENTO NÃO CONSEGUE SOBREVIVER COM UM CÔNJUGE CHEIO DE FALTAS.

· Ninguém é perfeito. Enquanto os defeitos do cônjuge não forrem abusivos e destrutivos, você pode aprender a conviver com os defeitos dele.

· Em vez de se focalizar nos defeitos de seu parceiro ou parceira, lembre-se das qualidades que lhe atraíram quando se conheceram. Talvez algumas dessas discrepâncias tenham sido parte da atração

· Faça uma distinção entre um defeito e um problema sério. Problemas sérios que podem ser considerados destrutivos e abusivos são aqueles relacionados com o abuso de drogas, mental e físico. A este tipo de abuso você não é obrigado ou obrigada a suportar.

#9: HÁ UMA MANEIRA CERTA E UMA MANEIRA ERRADA DE TORNAR UM RELACIONAMENTO MARAVILHOSO.

· Nada está tão longe da verdade como esta frase. Não tem uma maneira certa de ser um bom cônjuge, um bom pai ou mãe, ou de se levar um relacionamento adiante. 

· Faça o que você acha que funciona para você, mesmo que algum livro trace um manual para ser seguido, ou um conselho de um amigo bem intencionado. Se o que você e seu cônjuge estão fazendo está dando bons resultados, ótimo, continue assim. O casal pode sim escrever suas próprias regras. Faça o que dá certo para você em vez de seguir regras escritas em um livro, como se fosse um manual. Não existe um manual de regras que funcione para todos, pois somos indivíduos únicos.

· Lembre-se de não ser rígido sobre a maneira que você aceita as expressões de amor de seu cônjuge. Não há uma maneira certa de alguém lhe amar. O fato de seu cônjuge expressar amor diferentemente não faz com que aqueles sentimentos tenham mais ou menos valor. (Não deixe o comércio ditar as regras de sua casa, do tipo: “diamantes são para sempre” e você pensa que a única maneira de expressar amor é através de diamantes, e assim por diante.)

#10: SEU RELACIONAMENTO PODE SE TORNAR GRANDE SOMENTE QUANDO VOCÊ CONSERTAR SEU COMPANHEIRO.

· Não caia na armadilha de acreditar que se você pudesse mudar seu cônjuge seu relacionamento seria melhor. Você também é responsável pelo relacionamento. Por isto, pense no que você poderia fazer para melhorar seu relacionamento.

· Abandone esta noção infantil que se apaixonar significa encontrar alguém que será responsável por sua felicidade. Você precisa tomar responsabilidade por sua própria felicidade.

· Se seu relacionamento estiver estressado, a pessoa mais importante que você precisa mudar, é você mesmo. Quando você conseguir identificar as conseqüências de seu comportamento destrutivo, você poderá então removê-lo de sua vida.  Por Pra. Silvia Geruza para o Blog



Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger