Curta nossa página e fique bem informado com os informes e estudos cristãos.

Curta-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Assine os Feeds Entre em contato

Noticia: Mais de 1,5 milhão de evangélicos buscam sites de namoro cristão

Marcio Roberto Ramos | 16.8.13 | 0 comentários


Nos últimos anos vimos surgir diversos ministérios e mobilizações voltadas para os solteiros cristãos, ensinando-os a aproveitar o tempo para investir na carreira, trabalhar na igreja e se aproximar de Deus.
Mas também é cada vez mais comum encontrarmos sites de relacionamentos focados no público cristão com o objetivo de juntar pessoas solteiras que estejam interessadas em usar a internet para conhecer um parceiro.
Enquanto milhares de evangélicos já se cadastraram nestes sites, muitos líderes ministeriais desaconselham, acreditando que essas novas ferramentas não são seguras quando o assunto é relacionamento. Para o bispo Maurício Nogueira, da Igreja Unção e Adoração, não há problemas em se cadastrar nesses sites de relacionamento como o Divino Amor, Amor em Cristo, Fidelitate e outros.
“Não há erro em conhecer pessoas virtualmente, no entanto, o internauta cristão deve preservar os ensinamentos contidos na bíblia e posicionar-se em obediência a esses preceitos. O uso da internet como ferramenta de busca para relacionamentos não é pecado, ou seja, pecado é tudo que se faz fora da palavra do Senhor”, disse.
Entre os argumentos que encontramos no discurso de quem é contra o uso desses sites está a falta de segurança para confiar em que está do outro lado da tela do computador, e por isso o bispo Maurício aconselha o cristão a tomar alguns cuidados: “Primeiro ore e busque em Deus a Sua vontade, depois certifique-se de que a pessoa é cristã convertida e não convencida”, diz.
Outra atitude interessante é analisar as postagens que a pessoa faz em sua página como fotos na igreja, fotos com a família, frases que falam de Deus e sobre a Bíblia e etc. “Lembre-se que os detalhes refletem personalidade, escolhas e caráter”, completa.
Não há como contar a quantidade de solteiros cristãos que temos no Brasil, mas para se ter uma ideia só no site Divino Amor há 1,5 milhão de usuários em busca de uma relacionamento sério.
Mais da metade dos usuários deste site possuem entre 25 e 45 anos, outro dado interessante é que 75,51% nunca foram casados, 11,08% são divorciados, 11,98% são separados e 1,43% viúvos. Quem se cadastra nesse site consegue manter contato com pessoas de todas as partes do Brasil uma troca de contatos que dificilmente seria possível se não fosse pela internet.
Quando decidiu criar o site Fidelitate, Cristiano Lima e sua esposa, Marianna, pensaram em um ambiente virtual capaz de gerar ligar pessoas interessadas em conversar, estudar a Palavra, trocar experiências espirituais, fazer novas amizades e se apaixonar.
O site já conta com 150 mil cadastros e seus fundadores acreditam que é possível sim usar esse meio para encontrar uma pessoa com os meus valores espirituais que queira um namoro sério. “O Fidelitate é uma importante ferramenta tecnológica facilitadora de interações sociais, entretanto, importa salientar que não se trata de namoro virtual, e sim de um moderno instrumento de conexões sociais”, disse Cristiano.

Em busca de um namoro santo

Nesses sites é possível conhecer pessoas das mais diferentes denominações. No Fidelitate, por exemplo, a maioria dos usuários é da Assembleia de Deus, mas como o bispo da igreja Unção e Adoração afirma fazemos parte do mesmo corpo e nada impede que um membro de uma igreja se relacione com uma mulher de outra denominação.
Quem está em busca de um namoro santo e não confia em sites de relacionamento pode tentar frequentar eventos para conhecer novas pessoas e grupos, como sugere o bispo. “Participar de um congresso, acampamento, eventos, movimentos em outras igrejas são oportunidades para conhecer gente diferente. Contudo, tudo deve acontecer com a direção e ciência do ministério em que você participa”.
Quem optar em fazer cadastros nesses sites deve se atentar para dicas de seguranças para evitar cair em golpes de pessoas mal intencionadas. “Na hora de fazer contato com os outros usuários é preciso ter os mesmo cuidados e precauções do mundo real”, diz Cristiano.
Já o bispo Nogueira lista algumas atitudes que devem ser tomadas para proteger os usuários, como não fornecer endereço e telefone e marcar os primeiros encontros na própria igreja.
“Nunca marque os primeiros encontros em restaurantes, shoppings e etc., como são cristãos, os cincos primeiros encontros devem acontecer na igreja. Deve-se até fazer visitas sem que a outra pessoa esteja esperando”, disse.    Fonte: Gospel Prime com informação do blog

Category:

0 comentários

AS MAIS MAIS....DO PÚBLICO

CONFIRA TAMBÉM

Fechamento do Dólar nos últimos dias

Recommended Post Slide Out For Blogger